Visto como um ótimo modelo Just in time, pois só compra, produz e transporta o que é vendido, uma marcenaria organizada consegue trabalhar com estoque próximo do zero. Com isso não possui uma série de custos decorrentes de aplicação de capital, logística e estocagem. Aplicando tecnologias acessíveis, consegue otimizar processos de produção necessitando de poucas pessoas no processo.

Com um mercado cada vez mais exigente, as pequenas marcenarias conseguem entregar os produtos personalizados tão requisitados. Com acesso a qualquer tipo de material, chapas, ferragens e suprimentos que antes eram privilégio dos grandes fabricantes, os pequenos agora conseguem entregar um produto totalmente personalizado, com alta qualidade e baixo custo.

Porém, neste ambiente algumas questões, já resolvidas em outros segmentos mais evoluídos, travam o crescimento dos pequenos. Se você é proprietário de uma pequena marcenaria e está tendo problemas para ter crescimento, deve reservar alguns minutos para ver estas dicas que poderão te tornar um empreender mais satisfeito com seu negócio.

1. Divida o seu negócio entre venda, produção e montagem

Talvez você ainda não tenha se dado por conta mas a sua marcenaria trabalha com três tipos de negócio quase distintos: venda de móveis sob medida, produção de móveis e montagem. Faz muito sentido ter os três setores bem integrados, sem dúvida. Porém quanto mais misturados estiverem os setores, maior será o seu esforço para encontrar as causas dos problemas que estão emperrando o seu crescimento.
Ao separar a venda da produção, o primeiro benefício é entender onde está a fonte do principal problema da marcenaria: a especificação correta dos projetos. Quantas vezes por dia você está resolvendo problemas de projeto na área de PCP ou na bancada do marceneiro? Um projeto bem especificado é aquele que entra na produção e pode ser diretamente desmembrado (explodido) em peças e assim produzido. Outros benefícios em separar as áreas:

  • Entendimento dos custos de venda em separado dos custos de produção;
  • Definição mais clara da performance da área de vendas;
  • Especificação mais correta do tempo de produção;
  • Redução do número de interferências da área de vendas na produção e vice-versa;
  • Você conseguirá entender quais projetistas precisam de mais treinamento.

Seguindo, ao definir um setor de montagem em separado do setor de produção, você terá como principal vantagem a previsibilidade da produção. Poderá também, em épocas de maior demanda (agosto – dezembro), terceirizar a montagem dos móveis.

Além disso, com um mercado mais exigente você precisa se preocupar também com a qualidade dos serviços. Para prestar um bom serviço os funcionários precisam ser treinados para o melhor trato com o cliente, sobre forma corretas de comportamento, procedimentos de instalação e cuidados com higiene e limpeza. Se você não tem condições de ter uma equipe distinta só para montagens, talvez uma forma de viabilizar seja a de separar alguns dias para a produção e outros para a montagem.

2.Defina um sistema construtivo para o seu mobiliário

Você só conseguirá separar os setores da empresa, se possuir um sistema construtivo definido.

Sistema construtivo: É o conjunto de elementos devidamente organizados. Como regras, materiais, parâmetros ou atributos utilizados na engenharia do mobiliário. Em outras palavras, torna-se a identidade da marcenaria, define a estrutura do móvel, as matérias primas a serem utilizadas, os sistemas de fixação, medidas máximas e mínimas para cada peça, entre outros atributos.

Além de não ser produtivo, se cada projeto for projetado e produzido de maneira diferente, não tendo um padrão em sua engenharia, desenvolver processos e traçar uma linha de produção por etapas torna-se uma tarefa muito difícil de estabelecer e controlar. Se a sua marcenaria atende arquitetos, pode ficar a dúvida em como é possível desenvolver móveis sob medida seguindo um “padrão”. Não estamos falando aqui de modulação fixa, veja como é possível criar uma linha de mobiliário sob medida conectada a produção.

3. Adote um método de produção único

Uma vez resolvida a questão da engenharia do mobiliário, é hora de entender a estratégia por traz da organização da fábrica.

Método construtivo: provém de procedimento, técnica ou meio de fazer alguma coisa. Então entendemos como o conjunto de atividades, regras e procedimentos que definem o processo como são fabricados os móveis sob medida. Quando aplicado, possibilita a transformação da fabricação do formato celular para linear, ou seja, saem as bancadas e entra a linha de produção de móveis sob medida.

É justamente com a implantação de um método construtivo na marcenaria que amplia-se o poder de gerenciamento por meio do empresário. O método traz uma visão melhor sobre o funcionamento da produção, o que possibilita aplicar as melhores tecnologias e novas estratégias. Se ocorrer um aumento de produção, por exemplo, a maioria das marcenarias busca solucionar essa situação contratando mais funcionários. Se possuir um processo de produção, um método construtivo definido, não é necessário contratar mais pessoas, mas sim, identificar os pontos que criam gargalo na produção e agir sobre eles, por exemplo re-alocando operadores para o setor com maiores necessidades, definindo um período de horas extras, otimizando atividades ou aplicando um melhor uso de máquinas. Veja por exemplo o artigo sobre como máquinas estão sendo subutilizadas.

O método construtivo possibilita uma visão clara do fluxo de produção das peças. Todo cliente da Gabster recebe um banner personalizado com o seu novo fluxo de trabalho. Muto fácil de ser entendido por todos os funcionários da marcenaria.

4. Desenvolva as pessoas que trabalham para você

Uma coisa é certa, você só conseguirá evoluir o seu negócio com a ajuda de outras pessoas. A medida que o negócio cresce você precisa descentralizar a suas decisões. E a primeira pergunta que um empreendedor precisa fazer é se está contando com as pessoas certas e se estas estão nos lugares certos dentro da empresa.

Os objetivos pessoais dos funcionários precisam estar alinhados com os objetivos da empresa. Por isso é necessário estabelecer claramente cada posição na marcenaria, seja na unidade de venda, na produção ou na montagem. Por isso inicie por uma definição clara de cargos, revisando o que se espera de cada posto, o conhecimento necessário as habilidades e as atitudes.

Nós produzimos uma série de posts que você pode ler e que podem ajudar muito nesta caminhada. Um post com itens bem práticos você pode ver em Como descentralizar sem comprometer os resultados da marcenaria.

A fabricação de móveis sob medida é um negócio promissor. Na atual situação econômica pela qual passamos, uma pequena marcenaria está levando vantagem sobre grandes fabricantes e como muitas vezes escutamos de nossos clientes “hoje são os pequenos que estão ensinando os grandes a trabalharem”. Então aproveite o momento, avance na organização da sua marcenaria obtendo uma boa margem de vantagem em relação aos seus concorrentes. Entenda os princípios de uma organização, estude sobre de Pessoas, Processos e Tecnologia nos materiais disponibilizados no nosso blog.