Na sua marcenaria, há um plano de desenvolvimento para os funcionários aumentarem o nível de desempenho? Você nem pensa nisso porque é muito caro e não há orçamento disponível? E se fosse possível iniciar um plano de modo simples e eficaz sem aumentar custos, você reconsideraria a sua posição?

É sobre a estruturação de um plano básico que vamos começar a refletir neste post, porque a sua empresa pode se diferenciar, ao fazer algumas ações nesta direção. O esforço maior, inicialmente, será refletir sobre a sua própria abertura para mudar algumas posturas enraizadas que podem estar obstruindo o aprimoramento do desempenho.

Então, a primeira ação para estabelecer um plano de desenvolvimento é o aprimoramento do seu domínio pessoal.

Nas palavras de Peter Senge:  “As pessoas com alto nível de domínio pessoal vivem em um estado de aprendizagem contínua. (…) Domínio pessoal não é algo que você possua. É um processo. É uma disciplina para a vida toda (…) Sem o domínio pessoal, as pessoas ficam tão envolvidas na mentalidade reativa (alguém ou alguma coisa está criando os meus problemas), que se sentem profundamente ameaçadas pela perspectiva sistêmica”.

São as pessoas que seguindo processos chegam a um resultado. Faça uma auto-reflexão:

  • O que você faz quando os resultados são insatisfatórios?
  • Como são abordados os problemas?
  • Como são identificadas as possíveis causas?
  • Você procura os culpados ou revisa processos para entender o que causou a inconformidade?

Mais do que buscar melhores resultados através das outras pessoas, é preciso incluir-se na equipe e também questionar-se sobre a real abertura para mudanças. Neste ponto perguntamos, você está aberto para mudar algumas posturas?

Para promover mudanças efetivas na empresa é importante ter consciência da própria abertura para mudanças, do quanto as pessoas seguem os processos e sobre a sua habilidade de comunicação. Se você já não procura culpados na empresa, entende que precisa procurar as causas dos problemas, entende a importância de processos, o próximo passo talvez seja melhorar a efetividade da sua comunicação. Sobre este assunto trataremos no próximo POST.

Ebook: A sua marcenaria tem futuro