“A medida que as tecnologias evoluem, elas ficam mais acessíveis, fáceis de utilizar e possibilitam a modernização da marcenaria”.

Considerando esta frase peço que você imagine uma marcenaria moderna: com processos gerenciáveis, empregados engajados, baixo custo de produção, orçamentos precisos e rápidos, prazo de entrega reduzido e preço competitivo. Tudo isso funcionando de forma ordenada, sem qu

e você precise interferir na produção a toda hora. E ainda tudo funcionando perfeitamente, independente do tipo de projeto que esteja sendo produzido, sob medida para arquitetos ou modulados para lojistas.

Só que, por mais avançadas que estejam as novas soluções, este cenário de marcenaria moderna não é mérito apenas de softwares ou máquinas automatizadas.Uma marcenaria moderna é um ambiente construido por pessoas, que seguem um conjunto de políticas internas, trabalham por um propósito, pessoas que geram valor para os clientes.

Uma empresa moderna, com um bom nível de organização, mais deve o seu sucesso as práticas de gestão do que as tecnologias.

É inevitável investir em tecnologia para ter mais produtividade. Mas softwares e máquinas não trabalham sozinhos.

Independente dos benefícios que podem trazer, o retorno do investimento só será possível em conjunto com novos métodos de trabalho.

O objetivo deste post, é dar introdução a uma questão muito importante: retorno sobre o investimento.

Muitas vezes vemos que o empreendedor sabe que precisa investir, mas não sabe como, nem por onde começar. Na pior das situações foca exclusivamente na tecnologia, sem estudar um método em conjunto e elevar o conhecimento da equipe.

Começando pelo inicio 

˜Toda empresa tem problemas˜

Talvez você já tenha ouvido falar que gerenciar uma empresa é o mesmo que resolver continuamente problemas. Neste outro post, você verá que deve resolvê-los com método, atacando as causas.

˜Gerenciar nada mais é que abrir e fechar lacunas”. Lacunas são oportunidades de ganho. Representam a diferença entre o patamar atual de seu desempenho e uma referência melhor. Consistem nos problemas que precisam ser resolvidos e por isso é tão importante determiná-las. Uma lacuna bem determinada tem a vantagem de convencer as pessoas mais resistentes, porque, se alguém chegou lá, fica mais fácil acreditar que é possível que outros cheguem também.

Artigo: Imite os melhores do mundo! Revista Exame Publicado em 1 jun 2017, 05h55.

Revista Exame

A maneira ERRADA de começar.

A forma mais comum de resolver – muito errada de buscar melhorias para a empresa – é escolhendo uma solução bonita, simpática, oferecida junto com um bonito discurso, solução cheia de facilidades com uma caixa mágica.

Se você está com esta ilusão, pare e reflita, dê um passo atrás e recomece.

 

A maneira CORRETA de começar.

Comece definindo o seu maior problema – de negócio – que você precisa resolver. Talvez seja a perda de venda por ter prazo de entrega elevado, orçamentos demorados, preço de venda muito alto…

Levante alguns números, dentro das principais áreas da marcenaria.

Seguem alguns exemplos:
  • Projeto: Tempo para desenvolvimento de projetos e cálculo de orçamento;
  • Entrada na marcenaria: Tempo para o marceneiro entender o projeto;
  • Geração de peças: Tempo para criar listagem de peças e insumos;
  • Produção: Tempo para produzir um projeto;
  • Estoque de retalhos: Percentual de quebra ou perda de materiais;
  • Administrativo: Compras emergenciais, materiais em estoque sem uso;
  • Expedição: Controle da liberação de projeto, preparação para transporte;
  • Montagem: Tempo de montagem na obra, número de viagens necessárias para entrega.

Depois, imagine valores ideais para cada um destes itens. Quanto cada ponto custa e o quanto deveria estar custando no seu entendimento, quanto tempo está levando e quanto tempo deveria estar levando. Sempre existem lacunas, diferenças entre a situação atual e a situação que você deseja.

A diferença entre estes valores é o seu problema. As maiores lacunas são os seus problemas mais prioritários. 

A definição pode até parecer simples, o complicado é implementar as ações para eliminar estas lacunas.

Neste ponto, quando você tem definido claramente quais são os problemas a resolver, você precisa calcular se as soluções disponíveis  trarão o retorno que você espera para o negócio.

Para auxiliar, desenvolvemos este e-book (baixe gratuitamente), para você entender esta questão importante que pode ser resumida em três letras: ROI.

Seu negócio está pronto?

Você precisa entender `o que` quer para a sua marcenaria.

Você está buscando eliminar custos na sua marcenaria?

Você está buscando criar uma nova fonte de receita?

Você está buscando mudar o modo como as coisas são feitas?

Se qualquer uma destas perguntas fizer sentido para você, sendo possível identificar números reais – lacunas dentro da empresa – então vá em frente, invista em melhorias.

Lembre-se que não existe caixa mágica. Existem soluções baseadas em experiências do que dá certo e do que dá errado para o seu negócio.

E o que dá certo, é o alinhamento de metas, planos de ação e pessoas engajadas com o melhor resultado para o seu negócio.

E quanto a tecnologia? Como falamos sempre, softwares e máquinas são o suporte para a execução mais rápida, segura e econômica das atividades dos processos da empresa.

Outros materiais relacionados a competitividade na marcenaria.

Quebra de Paradigma

O filho vai assumir a marcenaria da família, mas está inseguro e por isso decide se capacitar e buscar exemplos de sucesso fora da empresa. Contudo, o medo da mudança, presente em seu PAI, o impedirá de tomar as ações necessárias. Assim começa a história...